Importar Carros Vale a Pena?

No final dos anos 2000, isenção de IPI e valorização do Real alavancaram a importação de carros, fazendo com que muitos brasileiros pudessem trazer modelos importados por um ótimo preço. Vamos ver se Importar Carros Vale a Pena?

Com a crise atual e criação de leis que favorecem a indústria nacional, esse cenário mudou bastante. Mas será que ainda é vantagem importar carros? Confira a resposta no nosso post.

Preço final

Mesmo com a alta do dólar, os carros importados de forma independente (sem o auxílio de uma concessionária) possuem valor final bem menor do que o mesmo modelo vendido por aqui.

Isso acontece devido ao preço dos carros lá fora.

Veja também: 7 passos para a compra do seu carro 0km

Por exemplo, um Ford Mustang pode ser comprado nos Estados Unidos por volta de 25 mil dólares, enquanto o mesmo modelo é vendido aqui por mais de 90 mil dóleres.

Dessa forma, mesmo com a pesada carga de impostos sobre eles, o importador irá desembolsar menos.

Burocracia

Esse é um dos maiores problemas enfrentados por quem opta por importar carros.

Esse é um dos itens cujo trâmite seja mais complicado e oneroso, podendo elevar em até 3,5 vezes o preço do carro.

A burocracia aqui ultrapassa a Receita Federal e faz com que o importador tenha que passar por vários órgãos do governo nacional.

Sendo necessário a obtenção de diversas licenças, autorizações e documentos para conseguir trazer o carro importado para o Brasil.

E, além disso, há sempre a preocupação de que qualquer deslize seja um motivo para o martelo da Aduana pesar sobre a sua compra.

Importação de Carros Antigos

Os colecionadores ou apenas apaixonados por carros antigos podem optar pelo regime de importação para ter alguns modelos bastante raros no Brasil na garagem.

Há tanto a opção de comprar um carro pronto para chegar e receber a placa no Brasil, quanto trazê-lo para que seja restaurado por aqui.

Dependendo do preço do carro, a segunda opção é mais vantajosa, pois os impostos incidem apenas sobre o preço do carro e não no que será gasto na restauração.

Essa modalidade também exige que o importador tome algumas providências extras.

Por exemplo, todo veículo com mais de 30 anos comprado fora do país deve ser filiado a um Clube de Automóveis e a Federação Brasileira de Veículos Antigos – FBVA.

Facilitadores

Quem pretende importar carros, mas não está muito seguro sobre os trâmites legais necessários para realização desse procedimento, pode utilizar uma empresa especializada nesse tipo de procedimento ou contratar um agente aduaneiro.

Academia do Importador

Quer aprender tudo sobre o processo de importação e reduzir significativamente o valor pago pelos produtos que você deseja?

Faça o curso Academia do Importador.

Nele, com materiais que vão fazer você conseguir e economizar em até 70% em suas compras.

E aí, Importar Carros Vale a Pena?

Você Gostou? Compartilhe!