VOCÊ pode diminuir sua pressão arterial

Uma nova pesquisa revela que um único órgão é responsável por quase todos os casos de pressão alta.

Ao contrário do que você pode pensar, NÃO é:

O coração
Os rins
As artérias

… Ou qualquer outro órgão cardiovascular.

Ao abordar o órgão responsável, você pode diminuir sua pressão arterial sem:

Medicações
Suplementos
Mudanças radicais na dieta
Exercícios exaustantes

E se você começar hoje!…

E não importa se você esteja:

Com excesso de peso
Fora de forma
Ou com mais idade

Você pode diminuir a pressão arterial em casa e de uma maneira extremamente prazerosa e relaxante.

Não só você diminuirá sua pressão sanguínea, mas também curará qualquer dano já causado em suas artérias.

E eu mencionei que você evitará os efeitos colaterais dos medicamentos? Pois é… isso é possível, se feito da maneira correta.

O que estou prestes a compartilhar com você é baseado em pesquisas de alguns dos institutos de saúde mais respeitados do mundo.

MAS…

Aqui está um fato que você DEVE entender primeiro!…

Você vê, em 95% dos casos, os médicos não têm ideia do que causa a pressão alta…

Claro, eles listarão alguns indicadores, como:

Fumar
Estar acima do peso
Falta de atividade física
Muito sal
Consumo excessivo de álcool
Estresse
Envelhecimento
Genética
Dieta pobre

…e assim por diante!

Mas, quase sempre, se forem pressionados, eles irão admitir que não têm ideia do que causa a pressão alta.

E eu não estou inventando isso – O maior site da área médica conhecido mundialmente – WebMD.com – já publicou artigos sobre:

“Que somos praticamente forçados a tratar a pressão alta com drogas que podem causar sérios efeitos colaterais, sem que ninguém saiba o que causou a pressão alta em primeiro lugar .”

Mas espere, estou me adiantando…

Eu ia falar sobre o que causa quase todos os casos de pressão alta…

Mas primeiro, eu quero que me conheça e explicar por que você precisa acreditar em mim.

Oi, meu nome é Augusto Nogueira… 

Sou bem conhecido no campo da saúde alternativa. Eu sou o autor de vários livros e milhares de artigos de pesquisa.

Mais importante ainda, era minha pressão arterial que costumava ficar na média de 18/12. Como muita gente, a qualquer momento poderia ter um ataque cardíaco, derrame, insuficiência renal ou uma morte súbita provocada pela pressão alta.

Que de acordo com a Organização Mundial da Saúde, a pressão alta é a principal causa de morte no mundo.

Como um acidente de trânsito de alta velocidade e com vários carros, a pressão alta vai atingir você sem aviso prévio – a qualquer hora, em qualquer lugar.

Em um momento você está fazendo o que gosta, cheio de energia, na próxima você está na sala de emergência ou pior.

Imagino que você deve entender como eu me sentia…

Não só de morrer, mas de deixar minha família para trás, sem apoio.

Como especialista em saúde alternativa, pensei que diminuir minha pressão arterial seria uma tarefa fácil. Por alguns meses me concentrei extensivamente em:

Comer saudável
Trabalhando apenas 5x por semana
Tomando todos os suplementos de pressão arterial que eu pude encontrar

… E adivinha????

Na próxima consulta com o médico, minha pressão sanguínea tinha AUMENTADO!

Isso não foi apenas devastador para a minha saúde, sentia vergonha considerando que tinha falado pro médico que eu levava uma “vida saudável“.

E uma luz no fim do túnel apareceu, quando saiu um estudo novo…

Esse estudo era do renomado Jornal Oficial da Associação Americana do Coração, onde os participantes do estudo estavam todos diagnosticados com pressão alta crônica e não tratada.

Os pesquisadores pediram aos voluntários que se sentassem e diminuíssem a respiração para 6 respirações por minuto.

Em 6 inala e 6 exala a cada minuto.

E nada mais além disso.

Os resultados foram incríveis…

A pressão arterial média no grupo caiu de 16/9 para 14/7.

Bastou alguns minutos de respiração lenta.

Todos os voluntários tiveram longas histórias de hipertensão genética e nenhum outro tratamento natural reduziu com tanto sucesso a pressão arterial em pouco tempo.

E centenas de estudos provam que vários tipos de técnicas de mente/corpo podem reduzir significativamente a pressão arterial, SEM OS EFEITOS SECUNDÁRIOS HORRENDOS!

Deixe-me dar alguns exemplos:

A pressão arterial baixou 12 pontos em semanas…

Em um estudo publicado no Jornal de Medicina Comportamental, em 1979, 29 veteranos foram ensinados algumas técnicas específicas de relaxamento.

Eles faziam esses exercícios por alguns minutos todos os dias.

Logo após, a pressão arterial média diastólica e sistólica do grupo teve uma enorme queda de 12 pontos!

Um participante baixou a pressão arterial de 15/9 para 10/7!

Saindo de uma hipertensão com risco de vida para uma pressão arterial saudável.

Tudo em apenas algumas semanas.

Tudo sem qualquer mudança de dieta, exercícios exaustantes ou medicamentos.

Além disso, os acompanhamentos mostraram que as pressões sanguíneas dos participantes continuaram a diminuir com o tempo.

Aqui está outro exemplo:

Endurecimento das arteriais revertidas…

A pressão arterial elevada danifica as artérias, fazendo com que endureçam.

E artérias endurecidas restringem o fluxo sanguíneo.

Esse é o principal motivo pelo qual a pressão alta é mortal.

Em um estudo realizado na África do Sul, 60 pessoas com pressão alta foram ensinadas a fazer alguns exercícios simples de mente/corpo.

Em alguns meses, eles não apenas reduziram a pressão arterial, mas também reverteram o endurecimento de suas artérias!

E este estudo foi publicado no Jornal Oficial da Associação Americana do Coração em março de 2000.

Como você viu, nos estudos que citei, a pressão sanguínea pode ser reduzida quase imediatamente, usando apenas exercícios científicos simples.

Agora a pergunta que você pode estar se fazendo é:

Porque esse exercícios são tão poderosos?

Tudo se resume ao que falamos no começo:

O único órgão responsável por quase todos os casos de pressão alta.

Neste ponto, você provavelmente já adivinhou, certo?

O CÉREBRO!

Seu cérebro controla tudo em seu corpo e gerenciar sua pressão arterial é uma das suas tarefas mais desafiadoras.

A pressão sanguínea de ninguém é estável ao longo do dia. Ele sobe e desce dependendo da atividade.

Quando você se senta, seu cérebro diz ao seu coração, artérias e rins para diminuir sua pressão arterial.

Quando você se levanta, um sinal imediato é enviado para elevar sua pressão sanguínea e bombear mais sangue para o cérebro e os músculos.

Olhando para uma bela paisagem ou ouvindo música relaxante, seu cérebro relaxa e envia uma mensagem de “pressão sanguínea baixa”.

Quando você briga com seu cônjuge, uma mensagem de “pressão arterial alta” é enviada, resultando na liberação de caminhões carregados de hormônios do estresse.

Essas flutuações da pressão sanguínea acontecem milhares de vezes por dia!

O problema ocorre quando o cérebro está sob estresse por um longo período de tempo.

Isso faz com que sua pressão alta seja crônica.

O que é pior, muitas vezes, você pode não ter consciência do seu alto nível de estresse, mesmo que seu corpo esteja descansando em sua cama.

E não precisa ser estresse emocional.

Agora entenda…

Existem 4 tipos diferentes de estresse:

Estresse físico: a gripe comum, longas horas de trabalho, insônia e até mesmo exercícios intensos na academia, causam um aumento nos hormônios do estresse.

Estresse sensorial: O barulho do trânsito ou qualquer som alto provou elevar a pressão arterial, assim como assistir muita TV.

Estresse emocional: a perda de um ente querido, um divórcio, um casamento infeliz e preocupações com dinheiro são alguns exemplos de estressores emocionais.

Estresse mental: ao sobrecarregar o cérebro, ele libera hormônios do estresse. Longos períodos de trabalho, ficar muito tempo no trânsito são alguns exemplos de estresse mental.

Você pode facilmente lidar com todos esses tipos de estresse por curtos períodos de tempo.

Mas, se o estresse durar mais tempo, ele aciona seu cérebro constantemente para ordenar a liberação de hormônios do estresse, levando à hipertensão crônica.

Além disso, os quatro tipos de estresse se acumulam. Então, se alguém está doente, perde o emprego e se divorcia na mesma semana, o nível de hormônios do estresse aumentaria muito.

Então, qual é a solução?

Usando exercícios de mente/corpo, você pode dar ao seu cérebro algo que eu chamo de “Fuga Concentrada”.

Por alguns minutos, seu cérebro não está sob qualquer tipo de estresse; É como se o mundo parasse por um momento.

Nesse curto período de tempo, seu cérebro é reinicializado, como um computador congelado. Quando tudo começa de novo, tudo flui muito mais suavemente.

Seu cérebro pode te levar a eventos estressantes que aconteceram há 20 anos em questão de segundos, como uma briga ou se já te enganaram alguma vez.

E esse é método comprovado por toneladas de estudos científicos para reduzir a pressão arterial, sem efeitos colaterais.

E foi com isso que finalmente consegui controlar minha pressão alta.

Mais importante, descobri que, para baixar a pressão arterial com sucesso, as pessoas tinham que ser capazes de acompanhar os exercícios mentais com facilidade por meio de instruções.

E clicando no botão logo abaixo, você terá acesso a um conteúdo que eu selecionei com muito carinho para você colocar pressão arterial a um nível saudável, sinta-se mais energizado como nunca e que você pare de se preocupar em sofrer um ataque cardíaco ou derrame.

SIM! QUERO CONTROLAR MINHA HIPERTENSÃO

 

Aviso legal sobre os riscos e resultados típicos


Como qualquer outro programa de tratamento natural, você assume certos riscos para a sua saúde e segurança utilizando os conteúdos do site do Programa Controlando a Hipertensão. Qualquer modalidade de tratamento pode causar resultados não desejados se o mesmo for realizado incorretamente, e o Programa Controlando a Hipertensão não é uma exceção. Pode ser possível que você não atinja os resultados almejados fazendo as informações deste site, especialmente porque você pode estar sendo afetado pela pressão alta por muitos fatores distintos e etc. Recomendamos que sempre consulte seu médico antes de começar qualquer tratamento.

O site oferece 100% de garantia nos primeiros 15 dias, devolvendo todo o dinheiro investido em quaisquer produtos indicados no site, isto é, você pode solicitar o reembolso nos primeiros 15 dias após a aquisição de qualquer produto. E reforçando, o site não pode garantir os seus resultados com o Programa Controlando a Hipertensão, pode ser possível que você não elimine ou reduza a pressão.  Os estudos de caso que você visualiza nesta página e em todas as redes sociais do Programa Controlando a Hipertensão são reais, no entanto estes estudos de caso representam a história das pessoas mais dedicadas e motivadas dos estudos.




© 2018 Programa Controlando a Hipertensão - Todos os direitos reservados. Proibida a cópia ou reprodução de parte ou totalidade de qualquer conteúdo do programa.
“O Conteúdo exclusivo fornecido pelo Programa Controlando a Hipertensão assim como as dicas em nossos vídeos, conteúdos e blogs, não substituem o atendimento de médicos, nutricionistas, educadores físicos e psicólogos.”

Você Gostou? Compartilhe!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.