Como funciona o mecanismo da ansiedade

Como funciona o mecanismo da ansiedade

Este texto vai dar uma visão geral de como funciona o mecanismo da ansiedade para que você compreenda o que fazer em momentos em que este sentimento se torna algo prejudicial à sua vida.

Antes, porém, eu gostaria que você soubesse que eu fui diagnosticado com síndrome do pânico em 1998 e durante mais de 20 anos eu me dediquei a estudar tudo sobre este assunto, fiz todos os tratamentos médicos da medicina ocidental e nunca encontrei algo que me livrasse desta doença e nem me ajudasse a deixar de fazer uso dos medicamentos sintéticos.

A ansiedade é basicamente uma condição em que a preocupação nos paralisa. Eventualmente pode surgir em atividades corriqueiras ou em momentos específicos de pressão.

Veja também: Pensamentos e Sentimentos geram energia | Frequência em Hertz

Entretanto, esse nervosismo exacerbado chega a atrapalhar a rotina. Consequentemente, a pessoa se isola, sente falta de ânimo, pode criar “toques” e inevitavelmente prejudica a sua qualidade de vida.

Inegavelmente estigmatizada pela população, essa condição requer a ajuda profissional para a correta identificação do quadro.

Afinal, a demora em procurar por auxílio implica no desenvolvimento de outras patologias, como a depressão. O que reforça a importância de procurar ajuda profissional.

Você sabia que o Brasil é campeão no índice de população afetada pela ansiedade?

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o porcentual é de mais é 9% dos brasileiros, totalizando aproximadamente 18 milhões de pessoas.

Infelizmente eu fiz parte desta estatística durante quase 20 anos, mas isso acabou!

Depois de estudar tudo sobre esta doença e fazer alguns cursos eu me tornei terapeuta holístico certificado por um curso com registro na ABRATH – Associação Brasileira de Terapias Holísticas e com todos estes conhecimentos eu consegui conhecer métodos naturais, 100% puros e com certificado de grau terapêutico que colocaram fim a um ciclo de 2 décadas de dependência de drogas sintéticas que nunca me ofereceram resultados.

Ademais, apesar de parecer uma doença da atualidade, a ansiedade já fazia parte das anotações de Sigmund Freud (1856-1939).

Infelizmente, majoritariamente, são as mulheres as que mais sofrem com essa doença. Porém, os fatores gerais atingem a todos.

O problema é tão sério que o desemprego, falta de segurança, relações sociais problemáticas, preocupações com a saúde, entre outros são “normais” entre as pessoas que sofrem com transtornos de ansiedade.

Portanto, se você quiser saber como foi que eu consegui me curar definitivamente desta doença e me livrei das drogas sintéticas, clique AQUI e me chame no WhatsApp.

E se você conhece alguém que necessite saber como funciona o mecanismo da ansiedade, compartilhe este texto a vontade.

Abs,

Alessandro Machado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *