Como atingir metas e objetivos

como atingir metas e objetivos

Sabe aquele papo clichê de quem alcança objetivos maiores e insiste em falar que tinha tudo planejado, sabia exatamente como e quando seria seu “sucesso”? Neste texto vou falar da minha experiência pessoal sobre como atingir metas e objetivos.

Antes, porém, preciso dizer que respeito esse pessoal que afirma que já sabia como seria seu futuro. Más, de verdade para mim isso é tão apenas um jogo de elevação de ego.

Veja como funciona o mecanismo da ansiedade

Não sabemos nem mesmo qual rede social será a “da moda” daqui a 2 ou 3 anos, qual tecnologia nova e transformadora será empregada em nossa rotina no próximo ano! Quer dizer que mesmo assim estes “gurus” já imaginavam exatamente o que e como alcançariam seus objetivos?

Pois é, não seria muito mais honesto e até mesmo de maior auxílio à pessoas, se todos fossem humildes e verdadeiros?

Se alguém me perguntar se eu sabia que estaria na posição em que estou, da forma que estou e sendo o que sou, aos 50 anos, eu respondo direto e reto: não, nunca imaginei.

Agora, uma certeza eu sempre tive: ter sucesso ou não, em hipótese alguma seria meu objetivo, meu fim. No máximo, o meio.

Entretanto, desde muito cedo eu fiz o que tinha que fazer. Estudei, não somente em fontes de ensino “oficiais”, nunca tive zona de conforto, não procrastinei, me “liguei” a pessoas mais inteligentes e éticas que eu e procurei ter uma vida pessoal e profissional muito alinhada com meus propósitos e com as leis cósmicas.

E meu fim, meu objetivo? Ser o que Deus planejou ou pelo menos o mais próximo do ser humano que não veio ao mundo simplesmente para sobreviver (trabalhar e se divertir) e procriar tal como animais irracionais e até uma simples ameba, um ser unicelular.

A propósito, o grande legado da ameba no mundo é sobreviver e procriar para perpetuar a espécie. Só isso e mais nada!

Se eu teria ou não sucesso, de verdade, não era o meu objetivo final. Eu queria mesmo era, e ainda é, era ser feliz e passar obviamente com dignidade pelas dificuldades da vida.

Mas, mais uma vez, não abri mão de ser íntegro e fraternal, sempre busquei ser, muito mais do que ter, fiz de tudo para crescer em sabedoria, valores e virtudes, pois estas “coisas” próprias de um ser humano ninguém jamais me tiraria.

Hoje, no meu dia a dia, me vejo desfrutando do prazer celestial de estar com a minha consciência leve, tanta coisa passa em minha cabeça: como Deus foi e é bondoso comigo, Ele me abençoou com a mente sã e tranquila de quem tem uma busca contínua e incansável pelo cumprimento de seu propósito e missão terrena.

Isso tudo não me faz um cara fácil de conviver, não sou nem um pouco a pessoa mais gentil e simpática do mundo. Más, quem convive de perto comigo sabe dos meus valores, da minha forma leve e divertida de viver.

Não pense que você sabe onde chegará um dia meu amigo e minha amiga! Seja humano, busque entregar e dar mais do que receber ao mundo, busque somar mais dos que subtrair.

Se este for o teu objetivo, os meios serão bênçãos.

E você, fala para mim o que você pensa sobre como atingir metas e objetivos.

Um forte abraço,

Alessandro Machado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *